Respostas
B. Piropo
Anteriores:
< Hardware >
Volte de onde veio
19/01/2004

<Trilha zero danificada>


P: Tenho um H.D cuja trilha zero foi “queimada”. Ouvi um boato que existe um programa que recupera a trilha zero ou simplesmente faz com que a leitora pule a trilha zero, isso é verdade? Se for por favor qual seria o nome deste programa?

Alexander  

R: Há cerca de dois anos respondi a uma pergunta semelhante (“A importância da Trilha Zero”, Respostas/Hardware, 18/06/2001), mas o assunto é recorrente, portanto acho que vale a pena voltar a ele. Existem programas capazes de recuperar trilhas defeituosas em discos rígidos. Um deles é o Norton Disk Doctor, do conjunto Norton Utilities, que quando encontra um setor defeituoso, tenta recuperá-lo antes de marcá-lo como inservível. Você pode, se quiser, usar um destes programas para recuperar a trilha zero de seu HD, mas definitivamente eu não aconselho. Em geral é difícil para o usuário entender a razão disso. Afinal, se todas as demais trilhas de um disco rígido podem ser simplesmente marcadas como defeituosas e abandonadas sem prejudicar o desempenho do disco rígido, por que o mesmo não pode ser feito com a trilha zero? Mas há uma razão para isso e ela é suficientemente forte para justificar o fato de que um HD com a trilha zero inutilizada (ou “queimada”, como diz você) é inservível. A razão é a seguinte: o passo mais importante da inicialização do micro é a carga do sistema operacional. E para carregar o sistema operacional, o programa responsável pela inicialização precisa saber onde encontrar os arquivos de sistema – que em geral estão no disco rígido (não se esqueça que o micro pode ser inicializado pelo drive A, pelo CD-ROM e, nos BIOS modernos, por quase qualquer dispositivo de armazenamento). Para poder localizar arquivos no disco, a primeira coisa a fazer é determinar suas características lógicas. Para padronizar esse procedimento, essas informações, incluídas na chamada “Tabela de partição”, são armazenadas no chamado MBR (Master Boot Sector, ou setor mestre de boot; não confundir com setor de boot ou setor de inicialização, o primeiro setor de cada partição, que pode estar em qualquer lugar o disco, dependendo da forma como ele foi particionado). E para que o MBR seja encontrado, convencionou-se que ele seja sempre o primeiro setor da primeira trilha (a mais externa) da primeira face do disco rígido. Essa é a trilha zero. É impossível fazer o micro buscar as informações da tabela de partição em outro local. Logo, não adianta se desenvolver um programa que “pule” a trilha zero. Portanto, se a trilha zero está inutilizada, o disco é inservível. E, caso você consiga recuperá-la com algum programa, a probabilidade de que ela venha a falhar novamente é grande. Por isso não aconselho nem tentar a recuperação.

B. Piropo

 

 

 


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright © Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora