Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
11/08/2005
< Removendo os arquivos “thumbs.db” >

Se você usa Windows XP, quer fazer uma experiência interessante? Pois então acione a entrada “Pesquisar” do menu Iniciar, na caixa “Examinar” da janela “Resultados da pesquisa” que então se abre selecione a entrada “Discos rígidos locais”, na caixa “Procurar pastas ou arquivos denominados” entre com “thumbs.db” (assim mesmo, porém sem as aspas), clique no botão “Pesquisar agora” e aguarde um pouco enquanto o utilitário de pesquisa efetua uma varredura completa em seus discos rígidos à procura de arquivos denominados “thumbs.db”. E não se surpreenda com o número encontrado: nos discos dessa pobre e sobrecarregada máquina que vos fala apareceram 233 (que consomem um razoável espaço em disco, já que embora a maioria deles ocupe cerca de 10 KB, havia cem com mais de 50KB, cinqüenta com mais de 100KB, oito com mais de 500KB dos quais dois ocupavam mais de 1MB) e na sua o número certamente não será pequeno. E olhe que eu tenho certeza que você jamais mandou gravar um único deles...

Então de onde eles vieram? E o que contêm?

Bem, o Windows Explorer do Windows XP oferece diversas formas de exibir o conteúdo de pastas. Uma delas, utilizada para pastas que contêm objetos gráficos como imagens e filmes, é o modo “Miniaturas” no qual, ao se abrir a pasta, são exibidas reproduções reduzidas (ou miniaturas) do conteúdo dos arquivos gráficos. Pois bem: o nome “thumbs.db” provém de “thumbnails database”, ou “banco de dados de miniaturas”, e os arquivos correspondentes contêm informações que auxiliam o Windows Explorer a exibir as tais miniaturas. Sendo eles arquivos auxiliares do sistema, quem os cria é o próprio sistema operacional sempre que você solicita que uma determinada pasta seja exibida no modo miniaturas (as exceções são algumas pastas de sistema, como “minhas imagens” e “meus vídeos”, nas quais o arquivo “thumbs.db” é criado por padrão mesmo que você jamais tenha exibido seu conteúdo no modo miniaturas).

O problema dos arquivos thumbs.db é que, depois de criados, eles são aparentemente indestrutíveis. Ou seja: você ordena que uma pasta exiba seu conteúdo no modo miniaturas e o arquivo thumbs.db correspondente é criado em seu interior. Depois, você muda de idéia e retorna, digamos, ao modo “detalhes”. O arquivo continua lá. Você o encaminha delicadamente à lixeira e confirma a exclusão mesmo diante da assustadora janela que informa ser ele um arquivo de sistema e que se ele for removido  “talvez o computador ou seus programas deixem de funcionar corretamente” (uma mensagem padrão para todos os arquivos criados pelo sistema e que, nesse contexto, não deve alarmá-lo já que os arquivos thumbs.db não fazem a menor falta como já veremos). O arquivo é excluído e parece que você se viu livre dele pelo menos até solicitar novamente a exibição da pasta no modo miniaturas. Ilusão: na próxima vez que o Windows Explorer exibir o conteúdo daquela pasta, seja qual for o modo de exibição, o thumbs.db será recriado queira você ou não.

Então não há meio de se livrar deles? Sim, e mais de um. O primeiro, mais simples, consiste em acionar a entrada “Opções de pasta” do menu “Ferramentas” do Windows Explorer e, na janela que então se abre, passar para a aba “Modo de exibição” e marcar a caixa “Não armazenar miniaturas em cache” (ver figura).

Clique e amplie...

Isso deve resolver. Mas se você preferir, sempre pode apelar para a força bruta, no caso a edição do Registro. Carregue o Editor de Registro (acione a entrada “Executar” do menu Iniciar, entre com “regedit” na caixa de dados e tecle ENTER), localize a chave

“HKCU\Software\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Explorer\Advanced”

(HKCU é a abreviação geralmente usada para HKEY_CURRENT_USER), selecione-a clicando sobre seu nome, passe para o painel direito, localize o valor “DisableThumbnailCache”, clique com o botão direito sobre seu nome, escolha a entrada “Modificar” do menu de contexto que então se abre e altere o valor padrão de “ 0” (zero) para “ 1” (um).

Isto é tudo. Deste ponto em diante, os arquivos thumbs.db depois de removidos não mais serão recriados.

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]