Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
24/08/2006
< Cuidando do Notebook >

Seu notebook é um prodígio da tecnologia da informática que custa alguns milhares de reais. Um objeto delicado e caro que você carrega de um lado para o outro (afinal, ele foi feito para isto). Um negócio desses requer cuidados especiais. Vejamos alguns.

O mais importante: quando o transportar, disfarce-o. Principalmente em viagens aéreas domésticas. É vergonhoso admiti-lo mas, nos principais aeroportos brasileiros, há quadrilhas especializadas usando “olheiros” cuja função é identificar passageiros que desembarcam portando ostensivamente notebooks. Quando os encontram, seguem-nos disfarçadamente, anotam a placa do táxi em que embarcaram e a repassam por telefone celular para duplas de comparsas armados que usam motocicletas para seguir o táxi, aguardam uma parada em um sinal de trânsito ou engarrafamento e subtraem o micro do infeliz (ex-)proprietário. Portanto, por mais que lhe pareça um elegante símbolo de “status”, evite maletas especiais para notebooks e transporte o seu em simples mochilas ou inocentes malas de mão. Quanto menos parecer com um notebook, melhor.

No mais, recomendações quanto ao uso. Se a máquina não está ligada à uma tomada elétrica através do carregador, tome alguns cuidados elementares para prolongar a duração da carga da bateria. A mais importante é ajustar o brilho da tela para o mínimo aceitável já que, dependendo do tipo da tela, ela pode ser a maior responsável   pelo consumo de energia. Depois, se não precisa estar conectado à Internet, mesmo em um local onde exista uma conexão sem fio acessível, desconecte-se e desabilite os serviços de busca e detecção de redes sem fio enquanto não precisar delas (veja como no manual de seu notebook). Se não vai conectar-se, isto evita que eles permaneçam consumindo carga inutilmente. E, a não ser que um mouse USB seja indispensável para a tarefa que está sendo executada, use o “touchpad” do próprio micro. Recomendação, aliás, que vale para todo e qualquer dispositivo USB que não tenha alimentação própria, como “pen drives”: todos drenam energia da bateria, portanto se quer aumentar a duração da carga, use apenas os imprescindíveis. E abstenha-se de assistir filmes e jogar joguinhos de alto desempenho, outros reconhecidos devoradores de energia.

Por outro lado, se necessário usar uma conexão sem fio à Internet, especialmente em locais públicos como aeroportos e “internet cafés”, tome cuidados especiais com a segurança para evitar que sua máquina seja invadida e tenha o conteúdo violado. Use um bom “firewall” e mantenha-o habilitado. E, antes de sair de casa, com a devida calma, assegure-se que nenhuma de suas pastas está com o compartilhamento habilitado e que os dados pessoais importantes estão criptografados e protegidos com senha.

Voltando à proteção física: se você viajou com seu notebook, não há de mantê-lo sempre consigo. Mesmo nas mais sisudas viagens de negócios, sempre se arruma tempo para a gandaia (exceto, naturalmente, nas de seu/sua cara metade, que jamais fariam tal coisa, cara/o leitora/leitor), tempo este em que o micro permanecerá no escritório ou hotel. Para evitar dissabores, por maior que seja sua confiança no dito estabelecimento, sugiro veementemente o uso de um dispositivo de segurança tipo “cable lock” como o mostrado na ilustração, prendendo fisicamente a máquina a uma pesada peça de mobiliário ou encanamento. Dê preferência a um com fecho de segredo, cujo número permanecerá anotado em sua carteira, pois quase tão desagradável quanto ter o micro furtado seria chamar um serralheiro para cortar o cabo no caso de perda da chave.

 Finalmente, o óbvio: sendo o notebook um dispositivo portátil que se carrega de um lado para o outro, por maiores que sejam os cuidados ninguém está livre de tê-lo roubado, perdido ou destruído em um acidente. Portanto, se efetuar cópias de segurança dos discos rígidos já é providência indispensável no micro de mesa, com muito mais razão o será nos portáteis. Assim, efetuar uma cópia de segurança completa antes de partir de viagem não faz mal a ninguém e pode poupar muito aborrecimento.

No mais, somente limpe a tela com um pano úmido (sem solventes) e bom proveito.

Figura 1

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]