Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
14/09/2006
< Testando a impressora >

Se você já instalou uma impressora certamente percebeu que, no final do procedimento de instalação, o programa propõe (na verdade, algumas vezes, obriga) um teste para verificar se tudo correu nos conformes. Teste este que, geralmente, consiste na impressão de uma “página de teste” padrão que, nas impressoras coloridas a jato de tinta, em geral, além de trechos de texto em preto, inclui no mínimo uma figura ou logotipo em cores. Assim são verificados não apenas a instalação como o estado das “cabeças de impressão” de todos os cartuchos tanto de tinta preta quando das cores básicas.

Isso é muito prático já que garante que o dispositivo recém instalado está pronto e em perfeitas condições de uso.

Mas e quando se deseja testar uma impressora já há muito tempo instalada?

Nesse caso a maioria dos usuários imprime um arquivo qualquer e verifica a qualidade da impressão.

Como, na maior parte das vezes, é escolhido um arquivo contendo uma imagem multicolorida que ocupa uma boa parte da página, sua impressão consome uma barbaridade de tinta. E, pior: feito o teste, mesmo que a imagem impressa aparentemente não mostre defeitos, não há garantia de se haver testado todos os orifícios das cabeças impressoras, já que uma eventual imperfeição pode ter sido disfarçada pela mistura das tintas. Já a imagem colorida impressa na “página de teste” contém áreas em cores “puras”, ou seja, geradas individualmente com a cabeça de cada cartucho de impressão, o que garante que qualquer imperfeição seja detectada, mesmo que ela consista na obstrução de um único orifício de uma das cabeças de impressão.

Alguns usuários mais experientes conseguem imprimir a página de testes “oficial” através de um dos aplicativos de suporte do conjunto instalado com a impressora. Qual deles, depende da impressora. Mas neste caso há dois senões: nem toda impressora fornece um aplicativo que imprima a página de teste (ou pelo menos um onde seja fácil encontrar esta opção) e nem sempre, quando se instala uma impressora, instala-se também seus aplicativos, já que esta última etapa não é obrigatória.

Mas será que não existe uma forma “genérica” de imprimir uma página de testes, seja qual for a impressora instalada?

Claro que sim. Windows oferece solução para quase tudo. Inclusive um jeito de testar qualquer impressora que tenha sido agregada ao sistema, seja diretamente na máquina, seja através de uma rede. Se a impressora consta da lista de impressoras e aparelhos de fax instalados no sistema, então o teste pode ser feito diretamente de Windows, sem necessidade e apelar para qualquer outro recurso.

Para começar, você precisa abrir o objeto “Impressoras e aparelhos de fax”. Dependendo dos ajustes e da personalização efetuada em seu sistema, este objeto pode aparecer diretamente no menu Iniciar, no mesmo grupo onde se encontra o “Painel de controle”. Portanto, o primeiro passo é acionar o Menu Iniciar e procurar por ele. Se o encontrou, clique na entrada correspondente para abri-lo. Se não, abra o “Painel de Controle” e clique no grupo “Impressoras e outros itens de hardware” para abrir uma janela contendo diversos objetos, inclusive o procurado “Impressoras e aparelhos de fax”. Abra-o.

Agora ficou fácil: a janela “Impressora e aparelhos de fax” exibe todas as impressoras instaladas no sistema. Inclusive, naturalmente, aquela que você deseja testar.

Para imprimir sua página de testes, clique com o botão direito do mouse sobre a impressora desejada e acione a entrada “Propriedades” de seu menu de contexto que então se abre. Isto provocará a abertura da janela “Propriedades” da impressora. Verifique se está na aba “Geral” e procure, no pé da janela, pelo botão “Imprimir página de teste”. Um clique nele resolve seu problema.

Figura 1

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]