Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
14/12/2006
< Pesquisando em livros >

Se você é daqueles que volta e meia, diante de uma frase, pensa: “eu já li isto em algum lugar” e não sossega enquanto não descobre onde, seus problemas acabaram. E não se trata de um novo produto das famosas Organizações Tabajara, mas de uma outra quase tão onipresente quanto ela: o Google. Mais especificamente a “Pesquisa de Livros” do Google.

Como é típico do Google, a interface é singela e a operação simples. Visite o Google em < www.google.com.br > e clique no atalho “Mais >>”, o último à direita logo acima da caixa de entrada de dados. Isto o levará diretamente à página dos serviços e ferramentas Google, onde entre outros itens interessantíssimos você descobrirá o atalho “Pesquisa de livros” (se quiser saltar diretamente para a página de “Pesquisa de Livros” com interface em português do Brasil, seu atalho é < http://www.google.com.br/books?hl=pt-BR >).

Como já mencionado, a interface é simples. Na verdade é a mesma usada pela maioria dos produtos do Google: uma caixa de entrada de dados encimada por atalhos e com alguns controles adicionais. Dentre estes, os botões de rádio: “Todos os livros” e “Livros com visualização completa”, já que alguns livros podem ser exibidos na íntegra enquanto outros, devido à proteção dos direitos autorais, somente permitem exibir trechos de textos ou páginas selecionadas. Mas, seja qual for o caso, a utilidade do sítio é inegável.

Para pesquisar, entra-se com a expressão entre aspas ou com palavras chave. E, embora a interface seja em português, a pesquisa se fará em livros de qualquer idioma. Por exemplo: se você pesquisar o termo “mouse”, uma palavra do idioma inglês que foi incorporada ao nosso português do Brasil, receberá de volta quase um e meio milhão de páginas de livros onde o termo é encontrado, a maioria deles em inglês. Mas se você pesquisar por “mouse computadores” (ou seja, se acrescentar o termo “computadores”, restringindo a pesquisa aos livros que contenham ambas as palavras), reduzirá significativamente o número de páginas: apenas 560, a maioria delas correspondentes a livros em português (apareceram alguns em espanhol e um ou outro em inglês), quase todos sobre informática, naturalmente.

A consulta não se limita a palavras chaves. Pode-se buscar também por citações. Por exemplo: uma consulta a “ao meu amor serei atento antes” (com as aspas para indicar que se trata de uma consulta textual) retorna dois livros, ambos citando o belíssimo “Soneto de fidelidade” de Vinícius de Morais, um deles em inglês (“An Anthology of Twentieth-Century Brazilian Poetry” de Elizabeth Bishop). E uma busca por “to be or not to be” retorna mais de 23 mil páginas, enquanto “je pense, donc je suis” retorna mais de duas mil.

Se você procura por um determinado livro, pode refinar a busca acrescentando palavras chave. O atalho “Ajuda do programa Pesquisa de Livros do Google” à direita da caixa de entrada de dados fornece algumas informações úteis sobre a forma de pesquisar. E o atalho “Pesquisa avançada de livros” situado imediatamente acima deste leva a um formulário onde se pode restringir a busca por título, autor, editora, época da publicação e outros critérios. E, encontrado o livro, o sítio oferece não apenas um meio de consultá-lo (ou pelo menos examinar trechos dele) como também, quando viável, de comprá-lo via Internet.

O programa é um achado. Só encontrei uma falha (imperdoável, em minha opinião, mas entendo que neste caso o ponto de vista é bastante parcial): não encontrei menção a meu livro “Dicas do Piropo”. Em contrapartida, pesquisando por “b. piropo”, descobri que em seu “O Livro Vermelho Dos Pensamentos”, Mestre Millor Fernandes cita uma conversa que tivemos há tempos sobre palavras terminadas em “eca” e da qual eu mal lembrava...

Clique e amplie...
Figura 1 - Clique e amplie...

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]