Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
24/05/2007
< Hijackers >

E cada vez que vejo surgir uma nova categoria de “malware” como os “hijackers” me vem à mente a frase de Nelson Rodrigues afirmando que “a humanidade não deu certo”. “Hijack”, em inglês, significa seqüestro de bens ou indivíduos em trânsito, levando-os para um destino diferente do desejado. Os programas “hijackers” fazem algo semelhante com os internautas: leva-os a um endereço diferente daquele por ele fornecido.

Há diversos tipos de “hijackers”, mas de uma forma genérica eles podem ser divididos em dois grandes grupos: aqueles que alteram a preferência de página inicial, fazendo com que o navegador abra sempre uma página indesejada ao ser carregado, e aqueles que capturam os endereços digitados na linha de endereços e alteram o destino, levando o internauta a um sítio diferente do desejado ou à abertura de um grande número de janelas “pop-up”, que se apresentam inopinadamente na área de trabalho à sua revelia. E há ainda algumas variantes, como programas que mudam o sítio de buscas preferido, levando suas consultas só Deus sabe para onde.

O problema dos “hijackers” é que eles agem seja através de “scripts” (trechos de código executável invocados pelo programa navegador), seja alterando ajustes internos do Registro de Windows. Com isto tornam ineficazes as providências óbvias para combater sua ação (por exemplo: você pode alterar à vontade sua página inicial tentando fazê-la retornar aos ajustes desejados que toda a vez que o navegador for reiniciado suas alterações serão desfeitas e aparecerá novamente a página “plantada” pelo “hijacker”).

Mas, como não há mal que sempre dure nem bem que sempre perdure, Windows fornece meios de nos livrarmos dos efeitos deletérios desses programas. E a coisa é mais simples do que seria de se esperar. Senão vejamos.

Se você usa o Internet Explorer e deseja remediar as alterações causadas por “hijackers” que fuçam nas entranhas do Registro de Windows, carregue o IE, acione a entrada “Opções da Internet” do menu “Ferramentas”, passe para a aba “Avançadas” e clique no botão “Redefinir” do grupo “Redefinir as configurações do Internet Explorer”. Isto fará aparecer uma janela perguntando se você tem certeza que é isso mesmo que pretende e advertindo que serão feitas algumas alterações radicais na configuração de seu IE. E, de fato, caso você confirme, seu navegador reverterá ao estado que apresentava imediatamente após ser instalado no micro, deitando a perder todas as “personalizações” efetuadas desde então, inclusive nas barras de ferramentas e instalação de “add-ons”, eliminando “cookies” com informações pessoais e sobre páginas visitadas, alem de senhas armazenadas no próprio IE. Mas, com elas, vão-se também as alterações feitas pelo “hijacker”, portanto se você quiser se ver livre delas não lhe resta alternativa senão confirmar e posteriormente refazer suas personalizações e reinstalar os “add-ons”.

Já para eliminar os efeitos dos “hijackers” que alteram a página inicial, acione “Opções da Internet”, passe para a aba “Segurança”, selecione o ícone “Internet”, clique no botão “Nível personalizado”, procure pelo grupo “Scripts” na janela que então se abre e desabilite as entradas “Script ativo” e “Script de miniaplicativo Java” para bloquear a ação dos scripts que refazem a configuração indesejada. É simples assim.

Clique apra ampliar...
Figura 1 - Clique para ampliar

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]