Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
02/08/2007
< Removendo Programas renitentes >

Antigamente, nos tempos do velho DOS, as coisas eram simples. Instalar um programa consistia tão somente em copiar seu arquivo executável para o disco rígido. Nos casos mais complexos havia que se criar um diretório e copiar alguns arquivos auxiliares. Depois veio o Windows e já não basta copiar arquivos: há que executar o processo de instalação que, além de criar arquivos e pastas, faz alterações no Registro do sistema, gera arquivos de inicialização e configuração, em suma, faz uma razia no disco rígido.

Se isto não faz muita diferença na hora de instalar, fará na hora de remover o programa caso necessário. Sem ajuda é praticamente impossível remover um programa de Windows sem fazer uma lambança no sistema. Por isso quase todo o programa, ao ser instalado, instala também um módulo a ser usado por ocasião de sua eventual remoção.

Geralmente, para acionar este módulo, basta recorrer ao objeto “Adicionar e remover programas” do Painel de Controle do Windows XP (ou “Desinstala ou altera um programa” no Windows Vista), procurar pela entrada correspondente ao programa indesejado e clicar no botão “Remover”. Acontece que alguns desenvolvedores, seja por ignorância, má vontade ou má fé, não instalam o módulo de remoção ou o inibem. Neste caso o nome do programa sequer aparece entre os listados em “Adicionar e remover programas” ou, se aparece, não contém o botão “Remover”. Em situações assim é quase impossível remover o programa quando não mais se pretende usá-lo.

Se porventura você se deparar com um problema como este, nem sempre estará diante de um beco sem saída. Se estiver disposto a editar o Registro do Sistema, talvez haja uma solução. Mas, antes de tudo, para termos certeza que estamos falando da mesma coisa, abra o seu Painel de Controle e acione o objeto “Adicionar ou remover programas”. Se você usa o Windows XP, verá uma lista de programas onde, à direita de cada entrada, haverá um botão “Alterar/remover” ou, pelo menos, um botão “Remover”. Se usa o Windows Vista, encontrará a mesma lista de programas, mas os botões aparecem no alto e podem ser “Desinstalar”, “Reparar” ou “Alterar” (veja Figura). Seja qual for a versão de Windows, um ou mais destes botões podem estar faltando. O procedimento que veremos aqui nos permite, em alguns casos, recuperá-los.

Para tanto abra o Editor do Registro no Windows XP acionando a entrada “Executar” do menu Iniciar e digitando o comando “regedit”. No Windows Vista digite o comando diretamente na caixa de busca e clique na entrada correspondente nos resultados da busca. Agora, navegue no painel esquerdo do Editor do Registro até a chave:

HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Uninstall\<nome_do_programa>

(onde “<nome_do_programa” é o nome do programa cujo botão você deseja recuperar). Com ela selecionada, se deseja recuperar o botão “Remover” (ou “Desinstalar”), procure no painel direito pela entrada “NoRemove”. Se deseja recuperar o botão “Alterar”, procure pela entrada “NoModify”. E, se estiver rodando Vista e desejar recuperar o botão “Reparar”, procure pela entrada “NoRepair”.
Todas elas são entradas do tipo “DWORD” cujo conteúdo pode ser os valores “zero” ou “um” em hexadecimal. Se a exibição do botão estiver inibida, o valor da entrada correspondente deve ser “um” (0x00000001). Para exibir o botão mude, clicando com o botão direito no nome da entrada, escolhendo a opção “Modificar”, entrando com o valor “0” (zero) na caixa “Dados do valor” e saindo com um clique em OK. Feche o Editor do Registro, abra o objeto “Adicionar e remover programas” e verifique: o botão agora deverá aparecer em todo seu esplendor.

Clique apra ampliar...
Figura 1 - Clique para ampliar

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]