Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
06/09/2007
< Windows Defender >

Se você usa o Windows Vista provavelmente conhece o Windows Defender, o programa que oferece “proteção contra software mal-intencionado e indesejado” fornecido juntamente com o sistema operacional. O que pouca gente sabe é que não é necessário usar Vista para desfrutar da proteção oferecida pelo Windows Defender: o programa é oferecido gratuitamente pela MS e roda sem problemas no Windows XP com SP2 e Windows Server 2003 com SP1 (rodava também no Windows 2000, mas isto não mais ocorre desde que a MS interrompeu o suporte para este sistema).

Se você usa uma destas versões de Windows (muito provavelmente o XP), para proteger sua máquina contra “spywares” com o Defender basta visitar a página...
< http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=435bfce7-da2b-4a6a-afa4-f7f14e605a0d&DisplayLang=pt-br >
... Do sítio da MS, baixar e instalar a versão mais atual (em português) do programa. Mas, antes de prosseguir, uma advertência para evitar decepções: o programa somente é transferido para máquinas que executem o “Windows autêntico”, a versão legal do sistema operacional. Se a sua foi fornecida pelo vizinho de sua namorada que “entende de computador” ou se foi comprada no camelô por “deiz real”, nem tente: o primeiro passo da transferência é a validação do Windows e, se a versão instalada não for “autêntica”, o programa não baixa nem com reza braba.

Baixado e instalado, o Defender funciona praticamente sozinho, oferecendo proteção para todos os usuários registrados, gozem ou não de privilégios de administrador. A interface com o usuário é de uma simplicidade franciscana: durante a instalação o programa faz uma varredura completa na máquina em busca de softwares mal-intencionados, oferece-se para tomar providências caso alguma ameaça seja encontrada e solicita que você indique com que freqüência deseja que seja feita uma varredura automática. Isto feito passa a rodar em segundo plano como uma sentinela silenciosa. Se constatar qualquer tentativa de instalação de algum programa potencialmente prejudicial ele entra em ação exibindo uma janela de aviso que inclui uma descrição da ameaça encontrada, sua localização no disco rígido do computador, o nível de risco que ela representa e a ação recomendada para remediar o problema. É simples assim.

Se você preferir, pode baixar e instalar o Windows Defender, agendar a varredura automática e esquecer-se de sua existência. Ele permanecerá por detrás dos panos cuidando de sua máquina e só se manifestará caso venha a constatar alguma ameaça.

Evidentemente, se alguma coisa o levar a desconfiar que apesar de tudo seu micro está contaminado com algum “spyware”, você pode invocar o programa e solicitar que ele faça uma varredura do sistema a qualquer momento clicando no ícone “Verificar”. E, clicando no ícone “Ferramentas” e escolhendo a entrada “Opções”, escolher o tipo de varredura (“Verificação rápida” ou “Verificação completa”, esta última mais profunda e mais lenta) além de alterar a freqüência e a hora da varredura automática, solicitar que o programa verifique se há alguma atualização das “definições” de spyware disponíveis no banco de dados da MS antes da varredura e, caso alguma ameaça seja detectada durante a verificação, aplicar ações padrão (que podem ser ajustadas na mesma janela).

O Defender pode ser usado concomitantemente com outros programas de proteção contra “spyware”, pode ser baixado e instalado sem qualquer custo e não dá trabalho para usar. Honestamente, eu não consigo vislumbrar uma razão para não usá-lo...

Figura 1

 

 

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]