Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
19/06/2008
< Os dez mandamentos da Internet >

Não sei de onde veio. Não sei quem é o autor. Não sei quando foi feito. Sei que é uma dessas coisas que correm pela Internet e cuja autoria se perdeu ao longo do percurso. Mas achei interessante e resolvi traduzir do inglês (idioma no qual recebi o original) e compartilhar convosco. São os dez mandamentos da Internet. Aqui vão eles:

  1. Não comprarás mercadoria anunciada em “pop ups” e “spams”.
  2. Não transmitirás pela Internet vosso endereço de correio eletrônico ou residencial, nem vosso número de telefone, nem vosso CPF nem os do próximo.
  3. Não esquecerás de atualizar Windows toda segunda terça-feira de cada mês.
  4. Não vos conectarás à Internet sem haver instalado um programa antivírus nem começarás uma varredura sem atualizar o dito programa antivírus.
  5. Não vos conectarás à Internet sem haver instalado um programa “firewall”.
  6. Não cobiçarás o número do cartão de crédito do próximo, nem sua senha bancária nem seu número de CPF.
  7. Não digitarás vosso número de cartão de crédito sem que o pequeno cadeado esteja visível na barra de estado.
  8. Não responderás mensagens de correio eletrônico do Banco Nigeriano.
  9. Não usarás como vossa senha a palavra “senha”, nem a data de vosso aniversário nem os nomes de vossos filhos.
  10. Não encaminharás “correntes” a vossos parentes e amigos.

A maioria deles não necessita comentário ou explicação. O “Banco Nigeriano” a que se refere o oitavo mandamento é um banco fictício que se tornou muito popular há alguns anos quando começou a percorrer o mundo uma mensagem de correio eletrônico de um suposto político corrupto nigeriano alegando manter grande quantia depositada no referido banco, quantia esta que estava impedido de sacar por questões legais, mas que poderia ser transferida para vossa conta desde que vós dispusésseis a ficar somente com uma (polpuda) porcentagem, devolvendo a ele o restante em outra conta. Para isto bastava que vós fizésseis um pequeno depósito, da ordem de algumas centenas de dólares, em uma terceira conta e coisa e tal, dinheiro do qual evidentemente vós jamais veríeis a cor novamente (e teve gente que fez...).

O “pequeno cadeado” a que se refere o sétimo mandamento é o ícone que indica que a conexão está protegida por um protocolo de transação segura, que criptografa os dados que estão sendo trocados entre vossa máquina e o servidor. Todo sítio bancário, assim como outros que exigem nível semelhante de segurança e sigilo, usa este tipo de protocolo.

A menção à segunda terça-feira do mês no terceiro mandamento deve-se ao fato de ser este o dia escolhido pela Microsoft para liberar as atualizações de seus sistemas operacionais. Somente são liberadas fora deste dia as atualizações cuja instalação é considerada urgente.

O resto se explica por si mesmo: é perigoso usar senhas fracas, acessar a Internet sem a devida proteção contra vírus e programas invasores e enviar para desconhecidos dados que, em princípio, devem ser mantidos em sigilo (afinal, de posse de vosso CPF e mais alguns dados pessoais, qualquer pessoa pode, por exemplo, mandar instalar um telefone em vosso nome, gastar uma fortuna em ligações internacionais sem que vós vos deis conta disso e vós somente descobrireis a artimanha quando desejardes efetuar uma transação a crédito e descobrirdes que vosso nome foi encaminhado à vossa revelia para uma instituição de proteção ao crédito).

Pois aí estão vossos mandamentos. Siga-os. Do contrário a ira dos deuses da Internet poderá desabar sobre vós e lançar-vos às chamas da inadimplência. Assim seja.

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]