Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
25/09/2008
< Alterando o padrãos >

Programas modernos, como os que fazem parte do pacote Office, são dotados de enorme flexibilidade. Sabendo onde “mexer”, pode-se ajustar praticamente qualquer parâmetro do programa, desde ajustes comezinhos como tipo e tamanho de letra até a realização de tarefas mais elaboradas como a criação, por exemplo, de um índice analítico.

Algumas destas alterações são feitas apenas para satisfazer uma necessidade ocasional. Por exemplo: a imensa maioria das vezes que se manda imprimir uma página de texto criada com o Word, deseja-se que a impressão seja feita verticalmente, no formato “retrato”. Mas há casos em que se prefere que a impressão seja feita na horizontal, no formato conhecido por “paisagem”. Nenhum problema: basta configurar a página para que seja impressa no formato desejado. Desde que, é claro, se saiba onde fazer a alteração. No caso, basta acionar a entrada “Configurar página” do menu “Arquivo” para abrir a janela de mesmo nome, certificar-se que se está na aba “Margens” e, no grupo “Orientação”, clicar sobre o ícone “Paisagem”. É simples assim. A partir deste momento, sempre que se mandar imprimir esta página ela será impressa no formato “Paisagem” até que se altere novamente seu formato.

Mas as páginas dos demais documentos, inclusive os criados mais tarde, continuarão a ser impressas verticalmente, no formato “Retrato”. Por que isso ocorre?

Bem, isso ocorre porque na maior parte das vezes que se manda imprimir uma página gerada em Word deseja-se que ela seja impressa verticalmente. E como o programa “sabe” disso (na verdade não é o programa que sabe, são os chamados “testes de usabilidade” feitos exaustivamente com cada produto antes de seu lançamento que indicam qual o formato utilizado com maior freqüência), oferece este formato sem que o usuário tenha que tomar qualquer providência para escolhê-lo.

Ajustes como esse, oferecidos pelo programa independentemente da escolha do usuário, são ditos “ajustes padrão” (ou “oferecidos por padrão”). E geralmente tudo funciona muito bem, já que eles são escolhidos para que a maioria dos usuários obtenha exatamente o que deseja.

Mas e a minoria? O que dizer do pobre usuário que passa a maior parte do tempo gerando textos ou tabelas que devem ser impressos na horizontal, no chamado “formato Paisagem”? Será ele obrigado a ajustar o formato de cada documento que produzir ou haverá alguma forma de que, no seu caso especial, o programa passe a considerar como “Padrão” seu formato “Paisagem”?

Mas claro que há.

Repare na figura: na parte inferior da janela “Configurar página” há um botão, assinalado pela seta, denominado “Padrão”. Depois de efetuado o ajuste (no exemplo, da orientação da página, mas evidentemente a idéia vale para todo e qualquer ajuste feito nesta janela), clique nele e veja se abrir uma nova janela informando a natureza da alteração efetuada e indagando se é seu desejo que esta alteração seja incorporada ao “modelo NORMAL”.

Ora, o “modelo NORMAL” (mais especificamente: o documento “normal.dot”) é o local onde o Word armazena todos os valores dos ajustes oferecidos por padrão. Se você confirmar, clicando no botão “Sim”, a alteração será incorporada ao modelo e a partir de então passará a ser oferecida por padrão para todos os demais documentos.

Incidentalmente: o caminho indicado para chegar à janela “Configurar Página” alguns parágrafos acima vale para o Word que integra a versão Office 2003. Para chegar à mesma janela usando o Office 2007 basta clicar na aba “Layout da página” da Faixa de Opções e clicar no ponto assinalado pela seta da figura no grupo “Configurar página”.

Figura 1

 

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]