Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
09/12/2010
< Wordle >

Dia destes me deparei com um sítio interessante. Chama-se Wordle e segundo seu projetista, desenvolvedor e criador Jonathan Feinberg, que trabalha na IBM Research, o ramo da IBM dedicado a pesquisas, e desenvolveu o sítio inteiramente na linguagem Java, cria “nuvens de palavras” (para usar você precisa ter uma versão recente de Java instalada em sua máquina – mas não se preocupe que provavelmente ou já tem ou, se não, ela se oferecerá para instalar).
Como eu disse, a função do Wordle é só esta: criar nuvens de palavras (veja a figura). Você fornece as palavras e o Wordle as espalha em uma nuvem. Seu endereço é < www.wordle.net >. Ao entrar nele você vê uma página simples, com um texto explicativo que (em tradução livre) diz: “Wordle é um brinquedo para gerar “nuvens de palavras” com um texto fornecido por você. As nuvens dão maior proeminência a palavras que aparecem mais frequentemente no texto. Você pode ajustar suas nuvens usando diferentes fontes, leiautes e esquemas de cores. As imagens que você criar com Wordle são suas para usar como bem entender. Você pode imprimi-las ou gravá-las na Galeria de Wordle para compartilhá-las com seus amigos”.
E isto é tudo. Logo abaixo aparece a frase “Create your own” (Crie a sua). A palavra “Create” é um atalho (“link”). Clique nele e aparece uma tela com três campos (à qual, depois que sair dela, você poderá sempre retornar clicando no atalho “Create” que aparece na barra de navegação das demais páginas). O campo de baixo permite que você forneça um nome do del.iciou.us (uma rede social onde podem ser armazenados “bookmarks”, não muito popular por aqui). O do meio permite entrar com o URL de um sítio que use o sistema RSS para atualização de conteúdo (experimente o do Sítio do Piropo, < www.bpiropo.com.br >). Mas o que nos interessa é o primeiro, que oferece uma caixa onde se entra com o texto desejado (naturalmente a forma mais razoável de fazê-lo é copiando de algum lugar e colando na caixa). Isto feito, basta clicar no botão “Go” (ou “Submit” para as duas opções anteriores) e esperar alguns segundos (ou minutos, dependendo da taxa de transmissão de sua conexão Internet). O resultado será uma “nuvem de palavras”. A da figura, por exemplo, foi gerada colando na janela do Wordle o texto copiado do resumo de meu curriculum obtido no Sítio do Piropo (com um pequeno truque sobre o qual logo falaremos para destacar a palavra “Piropo”).
Não gostou ou quer experimentar outro formato? Clique no botão “Randomize” que o Wordle irá gerar nova nuvem com as mesmas palavras porém variando a fonte, o esquema de cores ou a disposição (ou leiaute). Quer exercer algum controle sobre o aspecto de sua nuvem? Então repare nas entradas de menu logo acima da janela: cada uma delas permite mudar apenas um aspecto, mantendo os demais inalterados (da esquerda para a direita: cor, leiaute e fonte, além de “Language” – que permite eliminar palavras comuns em praticamente qualquer idioma – e “Edit” – que permite desfazer a última alteração). Quer ter mais controle ainda? Clique no atalho “Advanced” que aparece na extremidade direita da barra de navegação do alto da janela e permite entrar com palavras escolhidas acompanhada de seu “peso” para o destaque, atribuir peso às cores ou, para desenvolvedores, usar uma rotina que permite enviar texto de qualquer página para o Wordle (incidentalmente: o truque ao qual me referi acima foi simplesmente acrescentar umas tantas vezes a palavra “Piropo” no início do texto, antes de colá-lo, para aumentar seu “peso” e com isto dar mais destaque a ela).
Para que serve? Bem, Wordle é um brinquedo, portanto serve para brincar. Você pode entrar com a letra de sua música preferida. Ou uma carta de amor. Ou uma homenagem. Pode entrar com palavras escolhidas, atribuindo pesos a cada uma delas, e gerar uma nuvem pessoal. E que tal, agora que o Natal se aproxima, criar cartões personalizados para seus amigos? É só criar uma nuvem com palavras que você sabe que irão tocar seus corações e imprimi-la...
para aumentar seu “peso” e com isto dar mais destaque a ela).
Para que serve? Bem, Wordle é um brinquedo, portanto serve para brincar. Você pode entrar com a letra de sua música preferida. Ou uma carta de amor. Ou uma homenagem. Pode entrar com palavras escolhidas, atribuindo pesos a cada uma delas, e gerar uma nuvem pessoal. E que tal, agora que o Natal se aproxima, criar cartões personalizados para seus amigos? É só criar uma nuvem com palavras que você sabe que irão tocar.

Clique apra ampliar...

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]