Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
19/05/2011
< Uma nuvem pessoal >

A Iomega lançou sua tecnologia “Personal Cloud” de olho nas pequenas empresas que querem armazenar seus arquivos na “nuvem” mas não podem arcar com os custos do serviço.
Explicando: o que se chama de “nuvem” é um conjunto de servidores de arquivos que podem estar concentrados em um único prédio ou dispersos por diversos países, todos ligados à Internet por uma conexão de alta taxa (“banda larga”). Estes servidores são mantidos por uma empresa que não apenas cuida de seu funcionamento como também garante a segurança dos dados seja no que toca ao acesso, seja no que toca à manutenção de cópias de segurança atualizadas. Algumas destas empresas oferecem igualmente serviços de fornecimento de software. Os arquivos executáveis destes programas permanecem nos servidores da empresa prestadora de serviços que se responsabiliza pela atualização de versões e coisas que tais.
Imagine uma empresa com umas tantas centenas de funcionários, a maior parte concentrados na matriz, porém com um número significativo deles espalhados em um punhado de filiais tanto no Brasil quanto no Exterior. Mantê-los sincronizados no que toca a arquivos de trabalho colaborativo é uma tarefa árdua. E cuidar para que todos estejam usando as mesmas versões de programas também não é mole. Solução: contratar os serviços “na nuvem”. Desta forma, o arquivo que foi criado em Singapura e acabou de ser gravado fica imediatamente disponível para o funcionário do escritório de Los Angeles que, garantidamente, estará usando a mesma versão do programa que gerou o arquivo e poderá abri-lo sem dificuldade.
Onde, fisicamente, o arquivo foi armazenado não importa nem para quem o criou nem para quem pretende abri-lo. A única coisa que importa é ter acesso a ele quando necessário. Ele está em algum lugar do planeta, com uma cópia de segurança já criada em outro servidor, preferentemente bem longe do primeiro. Estão dispersos, “na nuvem”. O mesmo ocorre com os arquivos dos programas.  E, desde que a empresa que usa os serviços mantenha em dia os pagamentos à que os presta (uma taxa fixa ou proporcional aos serviços usados), todos serão felizes para sempre. Para saber mais sobre o assunto, veja o vídeo em português produzido pela Sales Force, uma das empresas prestadoras deste tipo de serviço, encontrado em < http://www.youtube.com/v/jBkA6FIjoSg&hlhttp:/www.youtube.com/v/jBkA6FIjoSg&hl >.
Agora imagine uma pequena empresa, digamos uma firma de desenvolvimento para Internet, com uma dúzia de empregados. Cinco ou seis trabalham na sede, dois ou três em uma pequena filial no interior. Um dos criadores trabalha em casa, na mesma cidade. Outro, mudou recentemente para os EUA mas permanece ligado à empresa. E o administrador tem seu escritório em outra cidade. O ideal seria que a empresa pudesse manter seus arquivos na nuvem, acessíveis a todos os funcionários. Mas o serviço não é barato.
Agora, a Iomega viabilizou uma solução a custos acessíveis. Por menos de R$ 600 o “cara do computador” da pequena empresa pode comprar um “Home Media” da Iomega de um TB (TeraByte) e, por menos de R$ 900, um de dois TB. Trata-se de um servidor de arquivos NAS (armazenamento conectado à rede) que pode ser ligado diretamente ao roteador da pequena rede local na sede da empresa e onde todos os arquivos de uso comum são armazenados.
Até aí, nada de mais. Afinal, este é justamente o conceito de NAS. A coisa começa a melhorar quando se liga o roteador a uma conexão Internet de alta taxa e se instala o programa “Iomega Storage Manager”, fornecido com o Home Media. Isto feito, basta “criar uma nuvem” (o que se faz com dois ou três cliques) e emitir convites para os computadores remotos participarem dela. Está montada a nuvem particular da empresa. Todos os que a ela se integrarem, estejam onde estiverem (desde que conectados à Internet, naturalmente), terão acesso aos arquivos do Home Media como se ele fizesse parte de sua rede local. E podem, inclusive, mapear pastas em suas próprias máquinas. Em < http://iomegacloud.com/landing_page.php > você encontrará um filmete que explica direitinho como a coisa funciona. Um achado...

 

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]