Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
11/08/2011
< Concurso de estupidez >

Há duas semanas a empresa canadense AptiQuant divulgou o relatório de pesquisa realizada em duas etapas, a primeira em 2005 e a última em 2011, na qual determinava a aptidão intelectual – quantificada pelo QI, ou quociente intelectual aferido pelo respeitável “Wechsler Adult Intelligence Scale (IV) test” – de internautas e tentava correlacioná-la com o programa navegador que usavam. Segundo o relatório, os participantes foram atraídos por anúncios oferecendo um teste gratuito de QI a usuários do Canadá, EUA, Nova Zelândia, Reino Unido e Austrália. Os que aceitavam respondiam um questionário que solicitava a idade. Os com menos de 16 anos eram levados a outro sítio e o resultado de seu teste descartado. Com isto o universo da pesquisa alcançou 101.326 usuários de língua inglesa maiores de 16 anos.
Os resultados, compilados, produziram o gráfico da figura, também fornecida pela AptiQuant.
Segundo o relatório, a pesquisa mostrou que entre 2006 e 2011 os usuários de maior aptidão intelectual migraram do Internet Explorer para outros programas. Que os navegadores usados pelo grupo de usuários com QI superior a 120 são, em ordem decrescente, o Opera, o Camino e o IE9 no qual foi instalado o “plug-in” “Chrome frame”. Que um segundo grupo de usuários, cujo QI se situa na faixa próxima dos 110, recorre aos navegadores Safari, Chrome e Firefox. E, finalmente, que no extremo inferior da faixa, com QI sempre abaixo de cem, situa-se o grupo de usuários do IE. Dentre eles, os mais estúpidos são os do IE6, com QI próximo a 81. Como o IE6 vinha com Windows, a AptiQuant concluiu que “indivíduos na extremidade inferior da faixa de QI relutam diante da troca ou atualização de seus programas navegadores”.
Bem, o IE é o líder do mercado (segundo a Wikipedia é usado por 41% dos usuários, seguido pelo Firefox com 29% e Chrome com 18%). E o relatório fez um senhor estardalhaço. Foi divulgado pela CNN, por respeitabilíssimos jornais como o The Telegraph, The Guardian, London Daily Mail e até pelo sisudíssimo Forbes, a “Home Page for the World´s Business Leaders”. Sítios de notícias de irretocável reputação como o CNet noticiaram as conclusões da AptiQuant e citaram dados do relatório. E os mais sensacionalistas, como o The Register, literalmente, deitaram e rolaram com manchetes que mostravam até certo regozijo: “It's official: IE users are dumb as a bag of hammers” (“Agora é oficial: usuários do IE são burros como uma porta”). O GlobalPost publicou um subtítulo dirigido aos usuários do IE6 em termos, no mínimo, pouco delicados: “Are you an IE 6 user? Then chances are, you're an idiot — at least according to a new survey matching IQ with choice of web browser” (Você é um usuário do IE6? Então há boas possibilidades de que você seja um idiota – pelo menos de acordo com uma nova pesquisa associando o QI com a escolha de um programa navegador).
Há cerca de uma semana a seção sobre a Microsoft do sítio TNW divulgou que provavelmente tudo aquilo não passava de uma empulhação (“hoax”). E não foi muito difícil descobrir: bastou fazer uma simples verificação de propriedade de domínio (“whois”) com “AptiQuest” para descobrir que o domínio da empresa que dizia ter efetuado uma pesquisa via Internet em 2005 tinha sido registrado em 14 de julho passado. O que levou o programador Tarandeep Gill a revelar que tudo aquilo não passava de uma invenção dele com o objetivo de chamar a atenção para as incompatibilidades do IE6 com os modernos padrões de desenvolvimento web e ver se com isto diminuiria o número de seus usuários, facilitando a vida dos desenvolvedores (veja seu relato completo em < http://www.aptiquant.com/articles/396/ >).
Ora, eu mesmo não sou jornalista. Mas convivo o suficiente com bons profissionais da imprensa para saber que o mais primário dos deveres de um jornalista diante de uma notícia “estranha” é apurar sua veracidade. O que no caso era facílimo, como mostra o próprio Gill em < http://www.aptiquant.com/news/tell-tale-signs-that-should-have-uncovered-the-hoax-in-less-than-5-minutes/ >. Como, então, explicar que tanta gente boa tenha deixado de fazê-lo?
Pois fica então instituído o concurso de estupidez. Em sua opinião, quem é o mais estúpido: o usuário do IE, que insiste em usar um navegador ultrapassado, o Tarandeep Gill que aprontou toda esta cangancha para ter menos trabalho ou os irresponsáveis que divulgaram uma notícia tão estapafúrdia sem se dar ao trabalho de apurar sua veracidade? Dureza, pois não?

Clique apra ampliar...
Figura 1 - Clique para ampliar

 

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]