Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
26/07/2012
< SAP Labs Latin America >

Já falei disto há alguns meses e volto a falar agora por uma boa razão: com o advento da computação em nuvem, empresas como a SAP, que até pouco tempo só atendiam clientes corporativos de médio a grande porte, passaram a ter condições de estender seus serviços a pequenas empresas oferecendo soluções completas de baixo custo como o "SAP Business One", um produto integrado de gestão de negócios que oferece gerenciamento financeiro, controle de estoque, acompanhamento do relacionamento com os clientes, automação dos processos de compra e geração de relatórios. Tudo isto a um custo mensal inferior a R$ 150 por usuário usando a modalidade SaaS (Software as a Service) já discutida aqui mesmo.

A boa razão foi o anúncio do início da construção da ampliação do SAP Labs Latin America, em São Leopoldo, RS.Dito assim, um "anúncio do início da construção" não parece grande coisa. Mas este foi feito no local da construção e cercado da devida pompa e circunstância, na presença de representantes da diretoria da SAP Global, do reitor da UNISINOS, do prefeito de São Leopoldo e do Governador do Rio Grande do Sul. Tudo isto durante um evento que contou com a cobertura de toda a imprensa especializada em tecnologia e economia.

O SAP Labs integra o TECNOSINOS, o parque tecnológico da UNISINOS que abriga laboratórios e centros de pesquisas de empresas de nove diferentes nacionalidades e lhes oferece uma série de facilidades , inclusive acesso à participação de seus 27 mil estudantes de 60 cursos de graduação, 20 de mestrado e 10 de doutorado. O SAP Labs Latin Americaintegra a rede de 15 laboratórios da SAP espalhados pelo mundo que desenvolvem e localizam soluções visando atender as necessidades específicas dos clientes de cada região. Seu foco é a América Latina e suas atividades, além da execução de pesquisas e desenvolvimento de soluções, abrangem suporte técnico a clientes e treinamento de pessoal de parceiros da região e da própria SAP.

É certo que a ampliação de um centro de pesquisas e desenvolvimento situado em um parque tecnológico integrado a uma grande universidade merece destaque. Mas, neste caso particular, talvez o que chame mais a atenção seja o prédio em si mesmo. Senão, vejamos.

O prédio, que deverá entrar em operação em 2013, complementará o atual inaugurado em 2006, mais que dobrando sua capacidade. Serão quase dez mil metros quadrados que acomodarão 500 pessoas e nos quais serão gastos R$ 50 milhões.Mas o que mais chama a atenção é a concepção do projeto, aderente às recomendações do LEED (Leadership Energy and Environmental Design), um conjunto de normas e sistema de classificação desenvolvido pelo US Green Building Council visando o projeto, construção e operação de construções industriais e residenciais que inflijam o mínimo de agressão ao meio ambiente. Há três anos foi instituído o LEED 2009, queavalia cem pontos distribuídos por cinco categorias e, dependendo de como são atendidos, atribui quatro níveis de certificação: "Certificado", "Prata", "Ouro" e "Platina". O projeto do SAP Labs recebeu a classificação "Ouro" do LEED.

A construção utiliza predominantemente três materiais: vidro, madeira e concreto aparente, que dispensa o gasto com revestimento. Cerca de 30% do material de enchimento para feitura do concreto é reciclado. Toda a madeira usada no projeto (e é usada abundantemente) é certificada, garantido que provém de fonte legal. E o vidro, além de total visibilidade externa em um ambiente quase bucólico, permite generoso uso da iluminação natural, com a consequente economia de energia. Além de tudo isto, foram tomados cuidados que vão desde o minucioso controle do consumo de energia até o reuso da água (os esgotos são tratados e o efluente é usado para a rega de jardins e descarga de vasos sanitários). O resultado foi um prédio que agride minimamente o meio ambiente, se integrando com ele e oferecendo condições extremamente confortáveis para o trabalho. Além de ser bonito.Veja a figura...

Figura 1



B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]