Escritos
B. Piropo
Jornal o Estado de Minas:
< Coluna Técnicas & Truques >
Volte de onde veio
19/05/2005
< Destrinchando os processos >

Há algumas semanas eu mencionei um utilitário interessante, o FileMon, que permite acompanhar o que o sistema operacional e os programas estão fazendo com seus arquivos. Pois hoje vamos ver um programa da mesma família, o Process Explorer, também gratuito, que é capaz de mostrar detalhadamente o comportamento de todos os “processos” em execução na máquina, incluindo os arquivos DLL (bibliotecas de ligação dinâmica) abertos por cada um deles e os “handles” utilizados. Para obter o programa basta visitar a página < www.sysinternals.com/ntw2k/freeware/procexp.shtml >, rolá-la até o final e clicar no atalho correspondente ao seu sistema operacional. Isso transferirá para sua máquina o arquivo “procexpnt.zip”, de menos de 300 KB. Trata-se de um arquivo comprimido com todo o necessário para rodar o utilitário, que dispensa instalação. Para utilizá-lo, basta criar uma pasta e nela descomprimir (“deszipar”) o conteúdo do arquivo. Depois, procure nesta pasta pelo executável Procexp.Exe. Um duplo clique sobre ele lançará o programa.

Clique e amplie...

Ao ser lançado o Process Explorer exibe dois painéis. O superior mostra a lista completa de todos os processos correntemente ativos, sob a forma de uma estrutura em árvore encimada pelos processos abertos pelo sistema. Cada linha correspondente a um processo lista sua identificação, seu ícone, uma descrição sumária e o nome da empresa que desenvolveu o programa.

O conteúdo do painel inferior depende do modo em que o Process Explorer está sendo executado. Há dois modos, que se alternam clicando no ícone correspondente da barra de ferramentas. No “modo DLL”, o painel inferior exibirá uma lista completa de todos os arquivos DLL (bibliotecas de ligação dinâmica) abertas pelo processo selecionado no painel superior, com seu nome, descrição, nome da companhia que a desenvolveu e sua versão (o que faz do Process Explorer uma ferramenta indispensável para resolver conflitos de versões de DLLs). Se no modo “Handles”, o painel inferior mostra a lista de todas as “handles” (recursos do sistema, como manipuladores de arquivos, chaves do Registro e objetos de sincronização) abertas pelo processo selecionado. E se você estiver interessado apenas nos processos e não em suas DLLs ou “handles”, pode ocultar o painel inferior clicando sobre o ícone correspondente da barra de ferramentas.

Mas o Process Explorer pode fazer muito mais. Por exemplo: o ícone da extremidade direita de sua barra de ferramentas, que tem o aspecto de um alvo e se denomina “Find Windows Process”, é capaz de algo quase inacreditável: arraste-o com o mouse da barra de ferramentas para qualquer janela aberta na área de trabalho que ele imediatamente localizará o “processo” responsável por ela, destacando sua linha no painel superior.

Uma observação: dentre as funções providas pelo programa há uma capaz de “matar” (finalizar a execução) qualquer processo. Sugiro enfaticamente que somente use esta função quem souber exatamente o que está fazendo e quais serão seus efeitos. Em contrapartida, o ícone “System Information” abre uma janela que mostra os gráficos do uso da CPU e do arquivo de paginação da memória com informações úteis até mesmo para leigos.

O Process Explorer funciona em Windows 9x, Me, NT, 2000, XP e versões de 64 bits. É de inestimável utilidade não somente para diagnosticar problemas de versões de DLL como também para fornecer ao usuário uma visão detalhada de como Windows funciona internamente.

Considerando-se que, com exceção da função “Kill process” (que eu recomendo usar com cautela ou, melhor ainda, simplesmente não usar), tudo o que o Process Explorer faz é fornecer informações, não há muito o que temer quanto a possíveis danos que ele venha a causar à máquina. E levando-se em conta que se trata de um programa gratuito (freeware), que ocupa pouquíssimo espaço em disco, não exige instalação nem faz alterações no Registro, não vejo porque não baixá-lo. Se não servir para nada, poderá ao menos distrai-lo mostrando as entranhas de seu sistema nos momentos em que precisar encher o tempo...

B. Piropo


URL: http://www.bpiropo.com.br
Copyright Benito Piropo Da-Rin
WebMaster:
Topo da Página
Atualizada em
(MM/DD/AA) + Hora
Wagner Ribeiro ]